França

Destinations

França - O que esperar

Oui, oui, vive la France! País encantador, cheio de história, berço da liberté e fraternité. França seduz a cada viagem, a cada monumento icónico, a cada vila charmosa, a cada vinho amadurecido.
Para além de todas as experiências culturais que pode ter nas principais cidades francesas, o país oferece inúmeras oportunidades para fazer atividades ao ar livre. Do surf de Hossegor e Biarritz, ao ski e snowboard em Chamonix ou os trilhos de Mont Blanc, com um dos picos mais altos da Europa. Sem esquecer que também a gastronomia é um dos principais atrativos das terras francesas.
Por tudo isso, atreva-se a explorar o território francês e a perceber de perto o porquê da conhecida frase “joie de vivre” (aka “alegria de viver”).

Custo Médio

Transporte - Se estiver de visita a uma grande cidade, o melhor será adoptar os transportes públicos. Em média, um bilhete unitário custa 1,70€.
Mas se o objetivo é andar a viajar pelo país, o melhor será alugar uma viatura. Use a plataforma Auto Europe para reservar o carro ao melhor preço e saiba que o litro de gasolina é na ordem dos 1,48€.
Em França também existe o TGV - comboio de alta velocidade -, o qual pode ser utilizado entre as cidades de Paris, Nice, Lyon, Bordeaux, Marseille e Toulouse. O bilhete pode custar a partir dos 45€, dependendo do destino.

Alojamento - Existem alojamentos para todas as carteiras e os valores variam de cidade para cidade, de estado para estado. Use o Booking.com para encontrar aquele que melhor se adequa às suas necessidades e orçamento. Em Paris, por exemplo, um quarto num hotel de duas estrelas, em Montmartre, custa a partir de 50€.

Alimentação - A oferta de restauração é variada e há para todos os gostos e carteiras. Pode ir da simples baguete numa esplanada aos restaurantes mais luxuosos que alguma vez vai conhecer. Comer num restaurante mais barato fica numa média de 13€. Noutros, um almoço para duas pessoas, com dois pratos principais e sobremesa, pode chegar aos 50€. Tudo depende do que procura ou está disposto a pagar.

Orçamento diário sugerido – 130-140 EUR / 150-160 USD (Nota: Este é um orçamento apenas indicativo, pressupondo o aluguer de viatura mini em Paris, com combustível para 200 km, alojamento num hotel com pequeno-almoço e duas refeições num restaurante mais barato. No entanto, caso opte por um carro, acomodação ou restaurantes de gama mais alta, espere um custo diário mais caro. Todos os valores acima mencionados tiveram por base o site Preciosmundi, Booking.com e Auto Europe à data de publicação deste artigo).

Dicas e Truques

1. Viaje com dinheiro – Em França existem várias autoestradas onde se paga portagem, mas nem todas aceitam cartão de crédito. Se estiver a viajar pelo país de carro, leve algum dinheiro consigo para prevenir estas situações.

2. Compre o Paris Pass – Se for visitar a capital, compre o Paris Pass, um passe que lhe dá acesso a mais de 60 atrações e inclui ainda transporte público, bilhete de 1 dia num autocarro hop-on hop-off, um guia impresso e ainda descontos em várias lojas e restaurantes. Mas tem outros passes para monumentos ou atividades específicas que lhe poupam tempo e dinheiro.

3. Poupe dinheiro no café – Ficar numa esplanada é sempre mais agradável, mas saiba que sempre que se sentar no exterior será cobrado mais por isso. Por isso, se for para beber ou comer algo rápido, opte por fazê-lo ao balcão.

Faça e Não Faça

FAÇA: Não espere que os franceses saibam a sua língua. Aliás, há muitos que nem dominam o inglês. Por isso, aprenda algumas palavras essenciais, como “bonjour” (“bom dia”) ou “merci” (“obrigada”), entre outras. / Saia das grandes cidades para experienciar o que muitos consideram ser a autêntica cultura francesa. / Tente evitar as épocas altas, como o natal e os meses de verão. Os preços são sempre mais inflacionados e tudo está mais cheio.

NÃO FAÇA: Não acene vigorosamente para obter a atenção de um empregado num café ou restaurante. É tido como falta de educação. Tente cruzar o olhar e faça um sinal de que precisa de algo. / Nas grandes cidades, como noutros países, existe criminalidade. Esteja atento/a ao que se passa em seu redor e evite andar sozinho/a às tantas da noite. / Não viaje sem seguro de viagem. Ninguém está livre de algumas situações com as quais não contava. Uso este link e obtenha 5% de desconto no seu seguro.

Marlene é a criadora do Marlene On The Move. Jornalista de profissão, criou o blog para partilhar as suas aventuras, quer em Portugal, destino sobre o qual escreve para publicações digitais portuguesas, como no Mundo. Não é raro partir à descoberta de novos países e culturas.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.

Follow us on