Search here...
TOP
Surfar

Como planear uma surf trip barata

How to plan a budget surf trip
887 Views

Se procura fazer uma surf trip barata, veio ao sítio certo! Planear uma surf trip que não arruine a sua carteira parece impossível, mas com um pouco de pesquisa e as dicas certas, pode tornar a sua viagem de sonho numa realidade. Continue a ler para saber como.

Dicas para fazer uma surf trip barata

Escolha o melhor destino de surf

Destino de surf Sri Lanka
Foto de Fredrik Öhlander no Unsplash

Antes de mais nada, decida para onde quer ir. Considere o seu nível de surf, o tipo de ondas que deseja surfar e a estação do ano.

Para os principiantes, os beach breaks com fundos de areia como os de Portugal ou da Costa Rica são ideais. Já os surfistas mais experientes podem preferir os reef breaks da Indonésia.

As estações do ano são também muito importantes, já que as melhores condições de surf variam ao longo do ano, dependendo do destino.

Aqui é onde vai fazer a diferença quando está à procura de poupar dinheiro na sua surf trip.

Os meses de época alta, que normalmente marcam o verão em cada país, são aqueles em que os preços sobem exponencialmente. Afinal, meio mundo tira férias nessa altura.

Mas estes podem não ser os meses das melhores ondas.

Para tentar fugir da época alta do turismo, tem aqui três hipóteses:

1. Escolha um destino em que a época alta do surf não bata com os meses de verão. Provavelmente vai apanhar tempo mais frio, mas os preços são mais baixos;

2. Escolha um destino que tem quase sempre boas ondas o ano todo. Assim, pode optar pelos meses da época baixa;

3. Escolha as estações intermédias.  Ou seja, quando a melhor estação do surf está quase a acabar, mas ainda há boas ondas, e a época alta ainda não começou.

Dica!

Para pesquisar as melhores alturas do ano para o surf em cada país, use sites como o Surfline.

Alguns destinos recomendados para uma surf trip barata:

Portugal: Com ondas consistentes e custos de vida acessíveis, Portugal é uma escolha de topo para surfistas que procuram poupar algum dinheiro.
Morocco: Conhecido pelas ondas de direita e alojamentos económicos, Marrocos é sempre uma boa opção.
Indonesia: Em Bali é o 8 ou 80. Pode gastar uma verdeira fortuna ou fazer uma vida barata. Encontrará vários warungs que oferecem estadia e comida a preços bem em conta.
Costa Rica: Com água quente durante todo o ano e uma variedade de picos, a Costa Rica é perfeita para quem procura fazer surf num destino tropical sem fazer mossa na carteira.
Sri Lanka: O Sri Lanka está a ganhar popularidade entre os surfistas devido às suas ondas acessíveis e o baixo custo de vida.

Reserve o voo mais barato

surf trip voos baratos
Foto de Chanas no Unsplash

A reserva antecipada e a flexibilidade são fundamentais para conseguir voos baratos.

Utilize sites de comparação como o Skyscanner para ter uma visão geral dos preços e coloque os Google Alerts para os voos que esteja interessado.

Analise a ligação a diferentes aeroportos e tente ter tempo para fazer a sua viagem. Um voo direto leva menos tempo, mas é certamente mais caro do que fazer uma, duas ou mais escalas.

Esteja aberto a voar durante a semana ou a horas estranhas, uma vez que estes voos tendem a ser mais baratos.

Tenha também em conta que quando compramos um voo existem imensos extras que nos são cobrados, quer seja na bagagem, para selecionar o lugar ou para seguros de cancelamento.

Por último, informe-se das taxas cobradas pela companhia aérea para transporte das pranchas de surf. Existem voos mais baratos, mas a companhia aérea vai cobra-lhe um valor por cada prancha de surf que transporta. Por outro lado, existem voos um pouco mais caros, mas a companhia aérea considera as suas pranchas de surf como bagagem de porão, desde que não ultrapasse o allowance estabelecido.

Confirme neste neste post quanto cobram as companhias aéreas pelo transporte das pranchas de surf.

Opte por alojamento e refeições mais em conta

Alojamentos baratos para surfistas
Foto de M. Cooper no Unsplash

O alojamento e as refeições são os maiores gastos de viagem, a seguir ao voo.

Surf camps e hostels são uma boa opção, caso queira poupar dinheiro com as dormidas e comida. Muitos surf camps oferecem pacotes que incluem refeições, aulas e aluguer de equipamento.

Em alternativa, considere ficar num hostel para que possa poupar dinheiro na estadia e cozinhar as suas refeições.

Cozinhar as próprias refeições é uma das melhores formas para poupar dinheiro na sua surf trip, mas caso não queira ter esse trabalho, escolha restaurantes mais pequenos e com comida local, ou até comida de rua. Perguntar a um local é a melhor forma de encontrar onde comer bem e barato.

Leve o seu equipamento de surf

Surf gear
Foto de James Lee no Unsplash

Embora possa alugar uma prancha de surf no destino para onde vai, tenha em conta os custos. As taxas diárias de aluguer podem encarecer a sua viagem.

Por isso, se estiver a planear uma surf trip longa, pode até ser mais económico comprar uma prancha em segunda mão à chegada e revendê-la antes de partir.

Caso possua o seu próprio equipamento e pensando que vai fazer muitas sessões de surf, talvez seja melhor levá-lo para poupar algum dinheiro. Claro que, como referi em cima, vai também depender se a companhia aérea que vai utilizar cobra extra pelo transporte.

Outras despesas

Por muito que queira fazer uma surf trip barata, existem outras despesas que deve ter em conta:

Seguro de viagem

Não embarque para uma surf trip sem antes fazer um seguro de viagem. O seguro de viagem da Heymondo é dos mais baratos do mercado e funciona muito bem, para além de incluir desportos de aventura, como o surf. E por ser leitor do Marlene On The Move ainda lhe dou 5% de desconto!

5% de desconto no seguro de viagem pela Marlene On The Move

Transporte

Caso fique num surf camp, muitos organizam o pick up e drop of no aeroporto e asseguram o transporte durante o tempo em que está com eles. Mas se estiver a viajar sem nada marcado, então o aluguer de um carro é a melhor forma para circular à vontade.

Faça uma pesquisa com a Discover Cars para conseguir uma viatura ao melhor valor.

Comunicações

Ter internet é hoje imprescindível em qualquer viagem, por isso, compre um cartão quando chegar ao país. Se o fizer nas pequenas lojas ou bombas de gasolina, pode conseguir um melhor preço que no aeroporto. Se não quiser ter esse trabalho ou gasto na deslocação, opte por comprar um eSIM, ficando logo com internet mal chega ao destino.

Visa

Dependendo do seu destino de surf, poderá ter de pagar um visto para entrar no país. O valor varia muito e é importante que se informe para não ter surpresas.

Despesas inesperadas

Nunca se sabe o que pode acontecer numa surf trip, por isso, é importante que leve consigo dinheiro para algum gasto inesperado.

Preparar uma surf trip, como qualquer outra viagem, pode ser um desafio para o seu orçamento, mas com um planeamento cuidadoso e escolhas inteligentes, vai conseguir fazer tudo o que quer sem ficar falido.

Espero que estas dicas sejam úteis para fazer uma surf trip barata. Se tiver mais algumas a acrescentar, coloque na caixa de comentários! Vou adorar saber.

Domine a arte de planear uma surf trip barata! Mergulhe neste artigo para obter poupanças inteligentes, estadias ideais e dicas de transporte.
Gostou do post? Faça PIN e guarde para depois

VAI VIAJAR?

Prepare as suas viagens com os parceiros do Marlene On The Move!

  • ✅ Faça o seguro de viagem Heymondo e tenha 5% de desconto.
  • 🏨 Use o Booking.com ou o Hostelworld para escolher a sua estadia favorita ao melhor valor.
  • 🚙 Alugue o carro na Rentalcars ou no Discover Cars e obtenha o melhor negócio.
  • ✈️ Encontre os voos mais baratos no Skyscanner, não importa o destino.
  • 🚉 Compre os seus bilhetes de transporte com a Omnio e evite as filas.
  • 📲 Compre o eSIM com a Airalo e esteja sempre conectado no seu destino.
  • 🎟️ Explore qualquer destino com os melhores tours da GetYourGuide.

Ao utilizar estes links ou outros colocados neste artigo para fazer as suas reservas, não vai pagar mais por isso e para mim faz toda a diferença! É com estas parcerias que consigo manter o blog, por isso, a sua ajuda é preciosa! Obrigada desde já!

Marlene On The Move

Marlene Marques

Marlene é a criadora do Marlene On The Move. Jornalista de profissão, criou o blog para partilhar as suas aventuras pelo Mundo. Não é raro partir à descoberta de novos países e culturas com a prancha de surf como bagagem.

«

»

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!