5 lagoas imperdíveis em São Miguel

Lagoas de São Miguel Açores - São Miguel Lagoons Azores

Qualquer visita à ilha de São Miguel, nos Açores, é um banho de natureza. Para além da bonita vegetação que surge para onde quer que desviemos o olhar e que lhe valeu a alcunha de “ilha verde”, São Miguel é também conhecida pelas suas lagoas.

Cada uma é mais bela que a outra e todas de visita obrigatória.

Aqui vou colocar-vos as cinco lagoas que acredito que não devem perder numa visita àquela ilha do arquipélago dos Açores.

Lagoa do Fogo

Lagoa do Fogo - Fire Lagoon

Há muito que queria ver de perto a Lagoa do Fogo, mas, até este ano, nunca tinha conseguido. O facto é que, dado à sua altitude, avistar a Lagoa do Fogo pode ser um verdadeiro desafio.

Todas as vezes que tentava subir para a ver, deparava-me com tempo instável e, na maioria das tentativas, com nevoeiro.

Mas na minha quarta visita a São Miguel foi de vez!

Comecei a subir a estrada sinuosa que leva a lagoa com a antecipação de uma criança que caminha até à árvore de natal para ver as prendas. E que prenda! Mal alcancei o topo da Serra de Água de Pau fui brindada com uma vista de cortar a respiração.

Inundando a cratera do Vulcão do Fogo, que se terá formado há 15 mil anos, aquela que é a segunda maior lagoa de São Miguel — tem cerca de 2 km de comprimento — ganhou estatuto de Reserva Natural em 1974… e, desde este ano, lugar especial no meu coração!

Lagoa das Furnas

Lagoa das Furnas - Furnas Lagoon

Não há visita a São Miguel sem uma passagem pelas Furnas. Afinal, é aqui que se prepara o cozido mais famoso da ilha e, quem sabe, de Portugal.

A chegada à zona das caldeiras faz-se numa estrada de empedrado que segue as margens desta bela lagoa. Logo ali, nunca resisto a parar o carro e a tirar fotografias. Ainda mais se não houver vento e as encostas da lagoa estiverem a reflectir nas águas paradas.

A Lagoa das Furnas é ladeada por dois grandes chamarizes. De um lado, a Capela de Nossa Senhora das Vitórias, um edifício peculiar que se destaca no meio do verde com a sua arquitetura neo-gótica; e, do outro, as fumarolas onde todos os dias se faz o cozido.

Aqui, desde o final de 2019, há outro grande atrativo da ilha: o Parque Grená. Uma reserva natural recentemente recuperada, fantástica para fazer caminhadas imersas em vegetação e quedas de água.

Booking.com

Lagoa das Sete Cidades

Lagoa das Sete Cidades - Sete Cidades Lagoon

Outro dos postais favoritos de São Miguel, nos Açores, é a Lagoa das Sete Cidades. Esta, sim, é a maior da ilha (estende-se por 4 km) e destaca-se pelos dois reservatórios de água doce que a compõem. Dependendo da posição e intensidade do sol, são distintas as cores verde e azul de cada uma.

O melhor ponto para observação da Lagoa das Sete Cidades é o Miradouro do Rei, do qual se tem uma visão global do sítio e lança o mote para a descida à localidade.

Lá em baixo, as margens da caldeira deste vulcão adormecido devem ser exploradas com calma e atenção, bebendo toda aquela bela paisagem. Já no interior das Sete Cidades, a Igreja de São Nicolau vale a pena a paragem.

Também de estilo neo-gótico, esta capela foi construída em 1849 e, embora simples no interior, é muito bonita e um marco naquela freguesia.

Conhece a Lenda da Lagoa das Sete Cidades?

Conta a lenda que nas Sete Cidades existia uma princesa de olhos azuis e um pastor de olhos verdes que se apaixonaram.
Proibida pelo Rei de voltar a ver o pastor e imposto casamento com um príncipe, a princesa de olhos azuis pediu ao seu pai para se encontrar uma última vez com o pastor.
Na despedida, os amantes choraram o seu amor proibido. As lágrimas da princesa escorreram pelas encostas e formaram a Lagoa Azul, enquanto as lágrimas do pastor formaram a Lagoa Verde.
As duas lagoas ficaram assim unidas para sempre, sem nunca poderem ser separadas.

Lagoa do Congro

Lagoa do Congro - Congro Lagoon

A segunda grande descoberta na minha última passagem por São Miguel! A Lagoa do Congro é um tesouro ao fundo de um dos mais bonitos caminhos que percorri na ilha.

O acesso é feito por uma estrada de terra, pelo que mais vale estacionar o carro e percorrê-la a pé. Depois, é começar a descida até à lagoa, por entre vegetação tão densa que poucos são os raios de sol que a conseguem transpor.

No final, a Lagoa do Congro está envolta em tranquilidade, apenas quebrada pelos “uuuhhh” e “aaahhh” dos visitantes quando se deparam com um magnífico quadro feito pela Mãe Natureza.

O pedaço de areia junto às águas do Congro é pequeno para o fluxo de caminhantes que ali chega, pelo que permite estar um momento ou dois para absorver toda a paisagem, tirar uma fotografia para mais tarde recordar, e sair para dar a vez a outro. Mas dali partem outros trilhos que podem ser percorridos.

IATI Seguros Marlene On The Move

Lagoa do Ilhéu de Vila Franca do Campo

Ilhéu de Vila Franca do Campo Islet

O Ilhéu de Vila Franca do Campo é uma pequena ilha vulcânica, à margem daquela localidade, na costa sul de São Miguel.

Conhecido por incríveis fotos aéreas (como a que aqui coloco) e por mais recentemente se realizar aqui o Red Bull Cliff Diving, este ilhéu é um dos locais mais belos da ilha.

Infelizmente, sempre que fui a São Miguel foi na época baixa e os passeios de barco até aqui só acontecem no período de verão. Mas se tiver oportunidade de o fazer vai encontrar no interior uma magnífica lagoa de água salgada.

As idas diárias até ao ilhéu são limitadas por uma questão de proteção desta reserva natural, e eu não podia estar mais de acordo.

Siga o mapa para as Lagoas de São Miguel

Estas são as minhas cinco lagoas favoritas em São Miguel, nos Açores, mas existem outras para explorar na ilha. Se já lá esteve e tem outras sugestões, indique na caixa de comentários. Vamos trocar dicas e ajudar outros viajantes (eu própria incluída) a conhecer os tesouros naturais desta ilha açoreana.

Se gostou deste post não se esqueça de o passar aos amigos ou partilhar nas redes sociais. O meu grande obrigada desde já!

As 5 Lagoas Obrigatórias em São Miguel

VAI VIAJAR?
Prepare a sua viagem com os parceiros do Marlene On The Move!

↣ Use o Booking.com e escolha a sua estadia favorita aos melhores preços;
↣ Antes de viajar, faça o seguro de viagem com a IATI. Eles oferecem a melhor cobertura para viajantes e ainda tem 5% de desconto por ser leitor/a do Marlene On The Move;

Ao utilizar estes links para fazer as suas reservas, não vai pagar mais por isso e para mim faz toda a diferença! É com estas parcerias que consigo manter o blog, por isso a sua ajuda é preciosa! Obrigada desde já!

Comments