Search here...
TOP
Maldivas Surfar

Surf Trip Maldivas: a boat trip perfeita no paraíso

Surf the Maldives: The perfect girl's surf trip
908 Views

O convite chegou no início do ano por email de um amigo: fazer uma boat trip nas Maldivas. Experiências passadas diziam-me que não aceitasse. Logo veio à memória uma conferência de imprensa a bordo de uma fragata da Marinha Portuguesa ao largo de Lisboa, que acabou com os marinheiros a dizer-me “Ó menina, olhe para o horizonte para não enjoar”.

Anexado à dita mensagem vinha uma apresentação da viagem e da embarcação… Talvez a ideia não fosse completamente descabida.

Porém, foram as imagens das ondas perfeitas, longas, tubulares, com ilhas repletas de palmeiras, que levaram à decisão final e me fizeram viajar até ao país que, segundo dizem, um dia ficará debaixo de água.

Como fazer uma surf trip nas Maldivas

Existem duas formas de fazer uma surf trip nas Maldivas. Pode ficar em terra, quer seja num dos muitos resorts de luxo que existem no país, ou num formato mais low-cost, numa das ilhas locais. Optando por pagar os pequenos barcos que o transportam para as ondas cada vez que quer surfar.

Ou, pode optar por fazer uma boat trip.

Se a sua vontade é entrar a bordo de um barco e passar os dias a saltitar entre ondas num formato dormir-comer-surfar, então poderá fazê-lo por meio de um operador.

No meu caso, fiz esta viagem através do Lapoint, naquela que foi a primeira boat trip só com mulheres surfistas.

A bordo do Hope Cruiser

O Hope Cruiser, Maldivas
O Hope Cruiser

O ponto de encontro foi o aeroporto internacional, em Malé, onde o grupo composto por 10 meninas de diferentes nacionalidades embarcou a bordo do pequeno barco – o dhoni – que nos levava para bordo do Hope Cruiser, a nossa casa durante a próxima semana.

Este barco de 36 metros, com seis cabines, lounge e convés com espreguiçadeiras, é mantido por uma equipa local, incluindo um cozinheiro que prepara as várias refeições servidas de manhã à noite.

A vida a bordo é descontraída e sempre de pé descalço, com o dia a começar às 5:30 e a terminar pouco depois das 9:00 da noite, já que ninguém aguenta ficar mais tempo acordado, tal é o desgaste físico de três sessões de surf diárias, com duas horas cada.

O barco dhoni que nos levou ao Hope Cruiser nas Maldivas
O barco dhoni que nos levou ao Hope Cruiser

O que levar para uma surf trip nas Maldivas

Existem alguns objetos essenciais para levar numa viagem de surf. Em especial, quando estamos nos trópicos:

Prancha de surf
Wax de água tropical, leashes e fins extra
Protetor solar com SPF elevado, creme de zinco e bálsamo labial com SPF. De preferência produtos sem Oxybenzone para conservar o oceano e os recifes
Botas de recife
After-sun ou vaselina para queimaduras solares e erupções cutâneas
Spray contra mosquitos (embora a bordo nunca hajam muitos)
Calções de banho (calções de surf) e/ou fato de banho/biquíni adequado para surfar. Considere trazer um par de leggings para evitar o sol e as assaduras da prancha
Toalha de praia
Boné ou chapéu
Livro e música
Comprimidos para o enjoo do mar
Equipamento de snorkeling
Passaporte
Dinheiro (de preferência dólares ou rupias das Maldivas)
Cartão de internet
Seguro de viagem
Roupas que já não usa para dar à equipa local ou às crianças locais
Faça o seu seguro de viagem com a IATI e a Marlene On The Move e receba um desconto de 5%
Seguro de viagem IATI Marlene On The Move

As ondas das Maldivas

Há muitos spots para surfar nas Maldivas
Há muitos spots para surfar nas Maldivas

As Maldivas são compostas por 1.196 ilhas, das quais apenas 203 são habitadas, e é bem possível que existam centenas de ondas surfáveis, dependendo das ondulações que chegam ao país.

Porém, os atóis a norte de Malé são aqueles que oferecem mais oportunidades de surf, com ondas de esquerda e de direita, muitas das quais com reconhecimento internacional.

Nesta surf trip, e tendo em conta os swells que apanhámos, concentrámo-nos em Chickens e Ninjas. A primeira é conhecida como uma das esquerdas mais compridas das Maldivas e já exige algum conhecimento de surf, sendo mais indicada para surfistas avançados. Já a segunda, é a onda de eleição para surfistas principiantes, já que esta direita rebenta mais lenta.

Durante a viagem tivemos a oportunidade de conhecer outras ondas. Mas vou deixar-vos o desafio para irem à descoberta. 😉

Analisar as condições de surf nas Maldivas
Todas as manhãs, João Durão analisava as condições de surf e procurava os melhores spots para colocar as surfistas na água
As meninas a ouvir as indicações sobre a onda e os pontos de referência antes de entrar na água
As meninas a ouvir as indicações sobre a onda e os pontos de referência antes de entrar na água
O regresso de uma sessão de surf em Jailbreaks, Maldivas
O regresso de uma sessão de surf em Jailbreaks

Mas uma boat trip nas Maldivas é só surf?

Essencialmente, sim. Não se engane. Os dias são passados a surfar ou a descansar e a descontrair até à próxima surfada.

Mas existem algumas outras atividades que pode fazer. Pode fazer snorkeling, junto ao Hope ou enquanto espera no dhoni (o barco que no leva às ondas com as pranchas de surf, já que a embarcação principal fica atracado em águas mais profundas), ou pode pedir a um membro da tripulação para o levar num barco menor até ao recife mais próximo para ver de perto as espécies marinhas.

O snorkeling é uma das atividades extra que pode fazer durante uma surf trip nas Maldivas
O snorkeling é uma das atividades extra que pode fazer durante uma boat trip nas Maldivas
Snorkeling is one of the extra activities you can do during a boat trip in the Maldives

Para os fãs de pesca, no Hope Cruiser existem canas para, quem sabe, pescar a próxima refeição. Já para não falar nos incríveis sunsets e dos mergulhos enquanto o sol pintado de fogo se põe no horizonte.

Esta é essencialmente uma viagem para pôr o seu surf em prática e para melhorá-lo em ondas perfeitas que oferecem todas as oportunidades para poder evoluir. Isto, aliado ao facto de poder surfar de calções/biquíni, em água quente, num dos aquários mais incríveis do mundo!

Surf trip Maldivas
As surfistas!

De regresso ao aeroporto internacional, a última paragem desta boat trip, o sentimento é de novas amizades feitas e de memórias que vão ficar por algum tempo na nossa cabeça. O chão agora está parado, mas a nossa cabeça e corpo parecem continuar a baloiçar ao ritmo das ondas. A realidade de terra firme (e da nossa vida, no geral) requer habituação, mas a ideia de voltar ao mar ganha corpo e agarra-nos às ondas, na esperança que os tempos próximos tragam uma nova surf trip nas Maldivas.

VAI VIAJAR?

Prepare as suas viagens com os parceiros do Marlene On The Move!

  • 🏨 Use o Booking.com ou o Hostelworld para escolher a sua estadia favorita aos melhores preços.
  • 🚙 Alugue o carro na Rentalcars ou no Discover Cars e obtenha o melhor negócio.
  • ✈️ Encontre os voos mais baratos no Skyscanner, não importa o destino.
  • 🚉 Compre os seus bilhetes de transporte com a Omnio e evite as filas.
  • 🛟 Faça o seguro de viagem IATI e tenha 5% de desconto.
  • 📲 Compre o eSIM com a Airalo e esteja sempre conectado no seu destino.
  • 🎟️ Explore qualquer destino com os melhores tours da GetYourGuide.

Ao utilizar estes links para fazer as suas reservas, não vai pagar mais por isso e para mim faz toda a diferença! É com estas parcerias que consigo manter o blog, por isso a sua ajuda é preciosa! Obrigada desde já!

Marlene On The Move

Marlene Marques

Marlene é a criadora do Marlene On The Move. Jornalista de profissão, criou o blog para partilhar as suas aventuras pelo Mundo. Não é raro partir à descoberta de novos países e culturas com a prancha de surf como bagagem.

«

»

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!