Praia da Ingrina

Banho de história em Bath, Inglaterra

Banhos Romanos em Bath - Roman Baths of Bath

Banho de história em Bath, Inglaterra

Foi numa viagem até Bristol, onde experimentei uma das poucas piscinas de ondas da Europa, que decidi visitar Bath. O tempo era reduzido e o Lonely Planet mostrava-me que, de todas as localidades nas proximidades, Bath era aquela que poderia suscitar-me mais curiosidade.

Bem-vindo a um dos sítios romanos mais importantes do norte da Europa. O elaborado complexo de spa data de cerca de 70 DC e era conhecido na época como Aquae Sulis.

Lonely Planet

O guia contava histórias de outros tempos, da ocupação romana, e decidi ir até lá para ver com os meus próprios olhos.

A cidade é encantadora! Das ruas com uma bonita arquitetura, à extraordinária Abadia de Bath, ao The Pump Room, um restaurante e salão de chá que lembra a antiga aristocracia que procurava Bath pelos seus spas e tratamentos termais.

Mas foi nos Banhos Romanos que dediquei mais tempo, porque lá está o berço da história desta cidade, a razão do seu nome (“Bath” = “Banho” em português) e é em torno deste local que todo o centro histórico está construído.

Quando em Bath fazer como os romanos

Mais de um milhão de visitantes (dados pré-Covid-19) visita estes Banhos Romanos todos os anos, pelo seu significado histórico, mas também porque este lugar coloca a imaginação à prova.

A viagem pelo complexo é uma união entre o que resta da estrutura antiga, com todos os artefactos que foram encontrados, e uma abordagem mais moderna, que nos permite entender o seu passado, através de meios visuais de apoio.

O site é riquíssimo e a minha visita foi feita de forma lenta, absorvendo tudo o que via, numa verdadeira viagem no tempo.

Aqui, existem várias áreas e vários elementos que se se destacam pela sua dimensão e simbologia:

O Grande Banho

Mal entrei no complexo deparei-me logo com o Grande Banho, um enorme tanque de água que é no fundo o coração deste spa romano. A vista começa por cima, seguindo um balcão guardado pelas estátuas de grandes imperadores e governadores romanos.

Mas à frente na visita, o caminho leva ao piso térreo, de acesso às águas termais que faziam as delícias do visitantes. Por aqui, o grande tanque espreita pelas várias colunas que o ladeiam e passamos por nichos que certamente os banhistas utilizariam para relaxar e colocar a conversa em dia.

Terraço nos Banhos Romanos de Bath - Terrace in the Roman Baths of Bath
Grande taque nos Banhos Romanos de Bath - Great Bath area in the Roman Baths in Bath
Grande taque nos Banhos Romanos de Bath - Great Bath area in the Roman Baths in Bath

O Pátio do Templo

Como qualquer complexo romano, também aqui existiu um templo onde os visitantes faziam as suas ofertas e sacrifícios aos deuses. Com vários elementos de destaque, as atenções viram-se aqui para a Cabeça de Minerva, uma estatueta em bronze que representa Sulis Minerva, a Deusa da Sabedoria.

Artefactos do povo de Aquae Sulis

Nos banhos romanos, não só conhecemos a estrutura como sentimos uma proximidade a quem por ali passou. Isto porque somos apresentados a elementos como estátuas, mosaicos e pequenos artefactos de uso pessoal. Um dos últimos grandes achados aqui apresentados é uma coleção de moedas romanas (mais de 17 mil!), datadas entre 32 BC e AD 274, encontradas em Bath em 2007.

Exposição nos Banhos Romanos de Bath - Exhibition in the Roman Baths of Bath
Exposição nos Banhos Romanos de Bath - Exhibition in the Roman Baths of Bath

Salas de spa e saunas

Esta foi também uma zona dos Banhos Romanos de Bath que achei particularmente interessante, uma vez que existe uma projeção de imagens sobre as pedras a representar a vivência que existem em tempos naquele lugar. Uma imersão do visitante no espaço através da visão e audição.

Projeção na zona de sauna nos Banhos Romanos de Bath - Projection in the sauna area in the Roman Baths of Bath
Banhos Romanos em Bath - Roman Baths of Bath
Booking.com

Tome nota antes de visitar

A viagem pelos Banhos Romanos não podia terminar da melhor forma: somos convidados a provar a água termal, a mesma que ali trouxe os romanos e na base da qual toda aquela estrutura e cidade nasceu e cresceu.

Confesso que o cheiro e sabor a enxofre bem me lembrou as minhas visitas a São Miguel, nos Açores, mas a experiência é única e não podia deixar de tomar esta água que é conhecida por conter 43 minerais.

Deixo-lhe, por fim, algumas dicas que podem ajudar, caso um dia vá até Bath e decida visitar os Banhos Romanos:

Onde Fica

Os Banhos Romanos ficam na Abbey Church Yard, bem no centro da cidade de Bath, a 16 km de Bristol e 160 km de Londres.

Tours

Pode optar por fazer um tour guiado aos Banhos Romanos, mas, caso queira ir sozinho/a, aconselho um audioguia para melhor conhecer a história deste lugar.

Acessibilidades

Os Banhos Romanos estão preparados para receber todos os visitantes, mesmo os que apresentem alguma deficiência ou dificuldade de locomoção. Consulte o site para mais informações.

Horários e bilhetes

Infelizmente, à data de publicação deste artigo, os Banhos Romanos estão encerrados devido à evolução pandémica provocada pelo Covid19. Porém, tenho a certeza de que quando voltarmos à normalidade, os mesmos deverão reabrir. Por isso, vá consultando o site oficial para obter mais informações.


O que achou dos Banhos Romanos de Bath? É um local que já visitou ou gostaria de visitar? Dê a sua opinião na caixa de comentários em baixo! Vamos falar!

Gostou do post? Faça pin e guarde para mais tarde

VAI VIAJAR?

Prepare as suas viagens com os parceiros da Marlene On The Move!

  • Use o Booking.com e escolha a sua estadia favorita aos melhores preços!
  • Antes de viajar, faça o seguro de viagem IATI. Eles oferecem a melhor cobertura para viajantes e ainda tem 5% de desconto por ser leitor/a do Marlene On The Move.
  • Se planeia alugar um carro para a sua viagem, use a AutoEurope e obtenha os melhores valores de mercado.

Ao utilizar estes links para fazer as suas reservas, não vai pagar mais por isso e para mim faz toda a diferença! É com estas parcerias que consigo manter o blog, por isso a sua ajuda é preciosa! Obrigada desde já!

Marlene é a criadora do Marlene On The Move. Jornalista de profissão, criou o blog para partilhar as suas aventuras, quer em Portugal, destino sobre o qual escreve para publicações digitais portuguesas, como no Mundo. Não é raro partir à descoberta de novos países e culturas.

Post a Comment

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit sed.

Follow us on